2. Caracterização da Instituição

O Centro Social D. Bosco pertence à Associação dos Antigos Alunos Salesianos do Estoril e desenvolve a sua actividade educativa através de um Berçário, Creche e Pré-escolar. Está situado no Vale da Amoreira, Estoril, na Rua D. Bosco.

 

 

Esta Associação é constituída por antigos alunos salesianos na sua maioria da Escola salesiana do Estoril. A fundação oficial data de 9 de Setembro de 1977. É uma Associação que não tem fins lucrativos e que exerce a sua actividade motivada pelo sentimento do afecto e do espírito de fraternidade que une toda a família salesiana, pela exigência de conservar e desenvolver os ensinamentos da escola de D. Bosco e ainda pela intenção de difundir, pela acção, o espírito salesiano.

Os passos da sua história podem, sucintamente, resumir-se ao seguinte:

Em 1984, foi solicitada à Câmara Municipal de Cascais a cedência de um terreno no qual a Associação se propunha prestar apoio à infância e juventude cooperando com as famílias no desenvolvimento integral da criança e dos jovens, bem como promover actividades de apoio social à terceira idade e de assistência aos associados em situação de invalidez ou de carência de meios de subsistência e também promover a protecção da saúde através de cuidados de medicina preventiva curativa e de reabilitação.

Passados dois anos, foi cedido pela Câmara Municipal de Cascais o terreno para o Centro D. Social Bosco, na localidade da Amoreira e em Dezembro de 1989, foram erguidas as suas primeiras paredes.

Em Maio de 1991, a Associação foi erigida como Instituição Particular de Solidariedade Social e em 1997 recebeu as primeiras crianças na Creche.

Actualmente tem a funcionar um Berçário, Creche e Pré-escolar onde diariamente são recebidos cerca de cento e vinte clientes.

Hoje, passados alguns anos, dispõe de um conjunto de salas devidamente apetrechadas, para além de outras infra-estruturas de apoio, de que se destacam o ginásio, um auditório devidamente equipado, um salão multiuso, um refeitório com cozinha, um polidesportivo e três parques infantis.

Encontra-se em fase de projecto a ampliação e requalificação das instalações, com vista ao aumento do número de clientes e ao alargamento das actividades educativas ao Primeiro Ciclo do Ensino Básico.

A Escola é dirigida pela Direcção da Associação e por uma equipa constituída por uma Directora Técnica, uma Coordenadora Pedagógica, que também é educadora, cinco educadoras de infância, treze auxiliares, dois administrativos e um porteiro, para além de vários colaboradores externos, nomeadamente para os serviços de apoio técnico, as actividades de enriquecimento curriculares e desportivas.

Ao fim de semana são ainda desenvolvidas actividades sócio religiosas como a Eucaristia para a população da zona da Amoreira e catequese para as crianças da mesma zona.

 

2.1. Caracterização do meio envolvente

A Associação dos Antigos Alunos Salesianos do Estoril está inserida no Concelho de Cascais, ladeado pelas freguesias de Alcabideche e Estoril.

 

 

O concelho de Cascais fica situado na área metropolitana de Lisboa. É um concelho com 97km2 que se divide em 6 freguesias (Alcabideche, Cascais, S. Domingos de Rana, Estoril, Carcavelos e Parede).

Segundo uma estimativa para 2006 feita pelo INE o número de habitantes é de 185.279, prevendo-se um crescimento populacional de 28% até 2011.

A população habitante do concelho de Cascais está distribuída pelas 6 freguesias que o constituem. Verificámos que as freguesias envolventes à nossa Instituição nomeadamente Estoril estagnou no crescimento populacional e em Alcabideche notou-se um elevado crescimento.

No que diz respeito à tipologia da população denota-se uma taxa de natalidade de 12,7% e uma taxa de mortalidade de 9,3%.

 

 


 

Observa-se um envelhecimento da população residente bem como o aumento expressivo de pessoas idosas, prevendo-se um aumento de pessoas idosas entre 2001 e 2016, de 25.757 para 42.254. O índice de envelhecimento situa-se em 99,2 e o índice de dependência de idosos em 24,4.55.

 

 


 

O Concelho de Cascais apresenta uma população adulta, havendo um predomínio das mulheres sobre o número de residentes do sexo masculino, excepto nos residentes compreendidos entre os 0 e os 19 anos.

Com base num estudo efectuado no final do ano lectivo 2009-2010, que teve como objectivo a elaboração do Plano Estratégico da Resposta Social de Creche e Pré-escolar, os dados recolhidos permitiram-nos a actualizar o Diagnóstico Externo (meio envolvente) em que a as nossas Respostas Sociais se encontram inseridas.

Dos dados recolhidos, verificámos que a nossa população reside maioritariamente entre a freguesia de Alcabideche e Estoril.

 

 


 

Verificámos que a nossa população é maioritariamente de nacionalidade portuguesa e natural do Distrito de Lisboa.

 


 

 

O agregado familiar das nossas famílias é maioritariamente constituído por mãe, pai e irmãos. No entanto, a maior parte das famílias tem apenas entre um a dois filhos.

 

 


No que diz respeito ao aspecto económico, Cascais é um Centro de atracção turística. Tendo em conta o indicador per capita de poder de compra, verifica-se que Cascais se posiciona em 5º lugar, indicando um nível médio vida bastante elevado.



 

A população residente é maioritariamente pertencente à classe média e média-alta.  

A maior parte das famílias possuem casa própria, habitam em apartamento e vivenda ou moradia.

 



 

A maior parte das nossas famílias desempenham profissões técnicas.

 

 


 

A nível sociocultural a população revela um nível de instrução elevado verificando-se um crescimento de 13.7 da escolaridade obrigatória na última década, tendo uma percentagem de indivíduos do sexo feminino a duplicar no ensino superior.

 

 

 

 


 

Do estudo efectuado verificámos que o nível de educação é superior nas mães dado que estas são maioritariamente portadoras de licenciatura.

Tendo em conta o nível de vida que o concelho de Cascais apresenta (médio/alto – alto) pode-se deduzir que o estilo de vida que a população apresenta é elevado.

Relativamente às famílias que frequentam a nossa Instituição, as mesmas são pertencentes à classe média, e média alta.

Actualmente, 50% das nossas famílias são filhos ou netos de Antigos Alunos Salesianos.

 

2.2. Recursos Físicos

A Associação dos Antigos Alunos Salesianos é um edifício de construção adaptada composto por quatro pisos, conforme plantas anexas: Cave, R/chão, 1º. Piso e 2º. Piso.

Cave

  • Duas salas de aula – pré-escolar (3 e 4 anos)
  • 1 WC crianças do pré-escolar
  • 2 WC adultos
  • 1 lavandaria
  • 1 WC apoio à cozinha
  • 2 dispensas de apoio à cozinha
  • 1 cozinha
  • 1 refeitório
  • 1 ginásio
  • 2 WC apoio ao ginásio

 

R/chão – Piso da Creche

  • 1 sala de berçário
  • 1 parque Infantil, destinado às crianças do berçário e da sala de transição (12-18 meses)
  • 1 copa de leites
  • 1 dormitório
  • 3 salas de aula, destinadas às crianças dos 12-18, 18-24, 24-36 meses.
  • 1 WC pessoal
  • 1 arrecadação

1º. Piso

  • 1 sala de Direcção – Sala Nobre
  • 1 WC  - deficientes
  • 1 bar
  • 1 capela c/um terraço
  • 2 WC
  • 1 sala de pré-escolar, destinada às crianças dos 5 anos
  • 1 sala – Direcção Técnica
  • 1 sala, destinada à Pastoral
  • 1 secretaria

2º.Piso

  • 1 auditório, devidamente equipado com equipamento Multimédia. Auditório “João Morgado”
  • 1 sala  de Direcção
  • 1 sala de Antigos Alunos, actualmente, sala das educadoras
  • 1 sala -  Coordenadora Pedagógica
  • 1 sala de computadores, destinada às crianças dos 5 anos
  • 1 arrecadação
  • 1 Biblioteca
  • 2 WC adultos

Outros espaços

  • 2 parques infantis, exteriores
  • 1 parque de estacionamento
  • 1 polidesportivo
  • espaços verdes

 

2.3. Comunidade Educativa

Para atingir os objectivos que o Centro Social D. Bosco propõe, é imprescindível uma harmonia de vida entre todas as pessoas e todos os sectores que formam a Comunidade Escolar.

A Comunidade Educativa constitui-se, efectivamente, quando acontece a interacção de alunos, pais/encarregados de educação, pessoal docente e não docente, direcção e instituições com quem a Escola estabelece parcerias em convergência e complementaridade.

O Centro Social D. Bosco reconhece os direitos de participação na sua gestão a todos os grupos da comunidade escolar, de acordo com a própria legislação, e elabora o seu Regulamento Interno onde descreve a referida participação.


2.3.1. Os alunos

São os nossos clientes primários; são o centro e a razão de ser do Centro Social D. Bosco, uma vez que são os principais destinatários da educação que nela se transmite.

O Centro Social D. Bosco tem acordo de cooperação para as respostas sociais de Creche e Pré-escolar, celebrado com o Instituto de Segurança Social de Lisboa, IP.

A resposta social de creche contempla 45 clientes, distribuídos da seguinte maneira:

  • 10 clientes na sala Arco-Íris (Berçário), 10 clientes na sala Rosa (sala de transição), 10 clientes na sala Turquesa (crianças dos 18 aos 24 meses) e 15 clientes na sala Azul (24 aos 36 meses).

A resposta social de pré-escolar contempla 75 clientes, distribuídos da seguinte maneira: 25 clientes na sala Verde (3 anos), 25 clientes na sala Laranja (4 anos) e 25 clientes na sala Amarela (5 anos).

 

2.3.2. Os pais/encarregados de educação

Os pais são os primeiros responsáveis pela educação dos seus filhos. Por esta responsabilidade, são chamados ao conhecimento claro da oferta educativa que escolhem. Cabe-lhes, também, participar e intervir adequadamente no Processo Educativo e na gestão da Escola, dentro das normas legais correspondentes e com base no Regulamento Interno.

 

2.3.3. O pessoal docente

Os educadores são as peças-chave na Comunidade Educativa, visto que a eles corresponde, de modo especial, a tarefa docente e, por isso, sobre eles recai uma responsabilidade específica dentro da acção educativa.

O Centro Social D. Bosco conta com a colaboração de 5 docentes licenciadas em Educação de Infância, e 1 docente com bacharelato.

Os educadores do Centro Social D. Bosco são provenientes das Escolas: ESE de Portalegre, Escola Superior de Educadores de Infância Maria Ulrich e Escola Superior de Educação Almeida Garrett.

Para as actividades de Enriquecimento Curricular, o Centro Social D. Bosco dispõe de um professor de música, um professor de informática e um professor de inglês.

Para as actividades desportivas, o Centro Social D. Bosco dispõe de um professor de Expressão Físio-motora, e de um professor de Karaté.

 

2.3.4. O pessoal não docente

O pessoal não docente desempenha, independentemente das funções que lhe estão atribuídas, um papel fulcral no processo educativo dos nossos clientes, na medida em que, como educadores no desempenho das suas funções, contribuem para a formação integral dos mesmos e para o bom funcionamento da Comunidade Educativa.

A participação co-responsável do pessoal não docente na gestão da Escola, através dos órgãos correspondentes, está prevista no Regulamento Interno e segundo a legislação vigente.

O Centro Social D. Bosco conta com a colaboração de 13 Ajudantes de Acção Educativa.

A nível administrativo tem a colaboração de dois administrativos e beneficia ainda da colaboração de uma médica, uma psicóloga e um porteiro.

 

Projeto Educativo de Escola 2016-2019

Leitura rápida

Completo

Download

Apoiar a AAASE


Somos um Instituição Particular de Solidariedade Social, sem fins lucrativos e de utilidade pública, que dirige a sua atividade principal para a educação e ainda para o apoio às famílias e comunidade.

Saiba como ajudar-nos ao preencher a sua Declaração de IRS.

Mais informações...